TML - The Teaching Mission Website

Please login or register.

Login with username, password and session length
Advanced search  

News:

Pages: [1]   Go Down

Author Topic: "The opinions of both consorts"  (Read 174 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

JuliodaLuz

  • Newbie
  • *
  • Offline Offline
  • Posts: 42
    • View Profile
"The opinions of both consorts"
« on: December 31, 2016, 15:10 »

EYES ONLY
Magisterial Son (Avonal) Monjoronson  - "The opinions of both consorts" - Dec.  31, 2016 - JDL, Brasília
Teacher: Magisterial Son (Avonal) Monjoronson
Subject: "The opinions of both consorts"
Category: Monjoronson Staff and Messages
Location: Brasília (Brazil)
Date/Time: December  31, 2016 - Saturday – 01:23 (PM) - New York (USA) = 04:23 (PM) - Brasília (Brazil) = 06:23 (PM) - UTC (Z)
T/R: Julio da Luz (JDL)
=== 
(Original message in Portuguese)
(Alternative Translation by Google Translate to the English language - with the essence of the message).
(Mensagem original no idioma português)
(Tradução alternativa do Google Tradutor para o idioma inglês - com a essência da mensagem).
=== 
Teacher: Magisterial Son (Avonal) Monjoronson
Subject: "The opinions of both consorts"

(JDL):

             My Father, My God, Universal Father of all. This Saturday, December 31, 2016, the last day of 2016, I am here in Brasilia praying that the "Spirit of Truth" of Michael of Nebadon / Jesus and the "Holy Spirit" and the "Spirits Adjutants of Mind” of the Divine Minister Nebadonia are present in my heart and mind for service as transmitter and receiver - T / R. Is there a message for me to receive and post at the Serara Forum?
                       
(Pre'Msha):
                Yes, my Son, I am Your Thought AdjusterSo, my son will tell me the passages you studied in the Urantia Book these past two days.

(JDL):
               Yes, I first studied Paper 84 of the Urantia Book that talks about "Marriage and Family Life." More precisely the Section 6 that talks about "The partnership of the man with the woman". Here are the excerpts I studied in this section:
                  .... [...] ... Every successful human institution embraces antagonisms of personal interest which have been adjusted to practical working harmony, and homemaking is no exception. Marriage, the basis of home building, is the highest manifestation of that antagonistic co-operation which so often characterizes the contacts of nature and society. The conflict is inevitable. Mating is inherent; it is natural. But marriage is not biologic; it is sociologic. Passion insures that man and woman will come together, but the weaker parental instinct and the social mores hold them together. .... [...] ... The differences of nature, reaction, viewpoint, and thinking between men and women, far from occasioning concern, should be regarded as highly beneficial to mankind, both individually and collectively. ... [...] ... While the sexes never can hope fully to understand each other, they are effectively complementary, and though co-operation is often more or less personally antagonistic, it is capable of maintaining and reproducing society. .
                 The second passage is in Paper 111 of the Book of Urantia which speaks of "The Adjuster and the Soul." More precisely, Section 5 talks about "The Consecration of Choice". The excerpt is as follows:
                      ... [...]... Peace in this life, survival in death, perfection in the next life, service in eternity — all these are achieved (in spirit) now when the creature personality consents — chooses — to subject the creature will to the Father’s will. And already has the Father chosen to make a fragment of himself subject to the will of the creature personality.
                     The third passage is in Paper 107 of the Urantia Book which speaks of "The Origin and Nature of the Thought Adjusters." More precisely, Section 5 talks about "The Mind of Adjusters". The excerpt is as follows:
                       ... [...] ... Since Adjusters can plan, work, and love, they must have powers of selfhood which are commensurate with mind. They are possessed of unlimited ability to communicate with each other, that is, all forms of Monitors above the first or virgin groups. 
                  The first section speaks, in synthesis, that although different, men and women complement each other. The second passage speaks in summary that the peace in this life and the survival of the soul is in the consecration of the choice in doing to the will of God, Universal Father of All. The third passage speaks, in synthesis, that the Thought Adjusters or Mystery Monitors can communicate with each other. If Thought Adjusters can communicate with each other, then the couple's Thought Adjusters may possibly communicate with each other. In this sense, the title of this reflection and study portrays on "The opinion of both consorts".

(Pre'Msha):
                  Great, my son, a great reflection for the last day of this year 2016, that is, on the opinion of both consorts. The teacher for this class is the Magisterial Son (Avonal) Monjoronson.

(Monjoronson):
               Yes, men and women complement each other even with antagonistic points of view. Each of the consorts has to reflect what the other consort speaks, deeply, in silence. Listening and listening patiently to your mate is a very special time for maturing. The first statement then talks about the relationship between a couple and how they should be patient with each other. The second passage talks about the consecration of the choice in doing the will of God, Universal Father of All to have peace in this life and the possibility of survival of the soul. The third passage clearly says that the Thought Adjusters can communicate with each other.
                The three sections are interconnected and I will talk about the set of three sections
              Yes, men and women when forming a couple are connected in a way to help each other in a complementary way, despite differences. One way to seek the advancement of your consort, and this message is for both consorts, is to pray for each other's spiritual growth and tell this to your consort. Thus, since each consort has a desire for consecration of choice, the first path is being pursued in the joint pursuit of the survival of both souls, and the Thought Adjusters of both will act, often together. That is why it is important, but it is very important to hear with much patience all that the other consort has to say. It may be a message from the other Thought Adjuster, that is, from your consort so that you reflect on some aspect of life that needs to move forward spiritually. A message that is being spoken explicitly, or implicitly.
              The life of a single couple, the true monogamous marriage, requires self-sacrifice, self-forgetfulness, and listening patiently to the consort is an exercise in deep spiritual advancement. When you listen to your consort, you do not necessarily have to say your opinion if you have not matured an idea about the subject spoken. Just say, you're listening and you're going to take it easy. The opinion of both consorts is important to be reflected by both, for the couple's spiritual growth.
            Yes, a couple, or rather, each of the consorts must give in and give in, and give in, because a marriage is an exercise of diminishing ego, of importance itself. But logically, the individuality of each consort must be preserved in the really important issues, as in the case, for example, of issues related to spirituality itself. The three passages he studied, in a way, are complementary in the destiny of a couple so that one helps or another for spiritual growth. Material goods are not taken to the heavens, and spiritual goods, this is the true treasure that represent the possibility of the continuity of both souls in the heavens, even after the physical death of the body.
             [silence]
              My dear, today is the last day of the year 2016. May you have a great Saturday. Domtia.

JDL:
             Monjoronson: Thank you so much for this message that reflects on the "Opinion of both consorts," to hear with patience what our consort wants to speak for a meaning about spiritual growth that the message often wants to reveal.

END

======= 

SOMENTE OLHOS

Professor: Filho Magisterial (Avonal) Monjoronson
Assunto: “A opinião de ambos consortes” 

(JDL):
                     Meu Pai, Meu Deus, Pai Universal de todos. Neste sábado, dia 31 de dezembro de 2016, último dia do ano de 2016, eu estou aqui em Brasília rezando para que o “Espírito da Verdade” de Michael de Nebadon/Jesus e o “Espírito Santo” e os “Espíritos Ajudantes da Mente” da Ministra Divina Nebadônia estejam presentes em meu coração e mente para o serviço como transmissor e receptor – T/R. Existe uma mensagem para que eu possa receber e publicar no Fórum Serara?
                       
(Pre’Msha):
               Sim, meu Filho, sou Seu Ajustador do Pensamento. Então, meu filho me diga os trechos que estudou no Livro de Urantia nestes últimos dois dias.

(JDL):
                    Sim, eu estudei, inicialmente, o Documento 84 do Livro de Urantia que fala sobre “O Matrimônio e a Vida Familiar”. Mais precisamente a Seção 6 que fala sobre “A parceria do homem com a mulher”. Eis os trechos que eu estudei nesta Seção:
                ....[...]... Todas as instituições humanas de êxito abrangem antagonismos de interesse pessoal, ajustados na harmonia da prática do trabalho; e os trabalhos de casa não são exceção. O matrimônio, a base da edificação do lar, é a mais alta manifestação dessa cooperação entre antagonistas, que tão frequentemente caracteriza os contatos da natureza e da sociedade. O conflito é inevitável. O acasalamento é inerente e natural. O matrimônio, contudo, não é biológico; é sociológico. A paixão assegura que homem e mulher se reúnam, mas o instinto, menos forte, da paternidade e os costumes sociais mantêm-nos juntos....[...]... As diferenças de natureza, reação, ponto de vista e pensamento, entre homens e mulheres, longe de ocasionar preocupação deveriam ser consideradas como altamente benéficas à humanidade, tanto individual quanto coletivamente...[...]... Embora os sexos nunca possam entender-se mutuamente, eles são efetivamente complementares e, embora a cooperação seja com frequência mais ou menos antagônica pessoalmente, ela é capaz de manter e de reproduzir a sociedade.
              O segundo trecho está no documento 111 do Livro de Urantia que fala sobre “O Ajustador e a Alma”. Mais precisamente a Seção 5 que fala sobre “A Consagração da Escolha”. O trecho é o seguinte:
                  ...[...]... A paz nesta vida, a sobrevivência na morte, a perfeição na próxima vida, o serviço na eternidade: tudo isso é realizado (em espírito) desde agora, quando a personalidade da criatura consente – escolhe – sujeitar a sua vontade de criatura à vontade do Pai. Pois o Pai já escolheu fazer com que um fragmento de Si próprio se sujeite à vontade da personalidade da criatura.
                    O terceiro trecho está no documento  107 do Livro de Urantia que fala sobre “A origem e a natureza dos Ajustadores do Pensamento”. Mais precisamente a Seção 5 que fala sobre “A mente dos Ajustadores”. O trecho é o seguinte:
                ...[...]... Posto que os Ajustadores podem planejar, trabalhar e amar, eles devem ter poderes de individualidade que sejam equiparáveis à mente. Eles possuem uma capacidade ilimitade de comunicar-se entre si, isto é, com todas as formas de Monitores acima do primeiro grupo, ou dos virgens”.
                   O primeiro trecho fala, em síntese, que apesar de diferentes, os homens e as mulheres se complementam. O segundo trecho fala, em síntese, que a paz nesta vida e a sobrevivência da alma está na consagração da escolha em fazer à vontade de Deus, Pai Universal de Todos. O terceiro trecho fala, em síntese, que os Ajustadores do Pensamento ou Monitores Misteriosos podem se comunicar entre si.  Se os Ajustadores do Pensamento podem se comunicar entre si, então, os Ajustadores do Pensamento do casal, possivelmente, podem se comunicar entre si. Neste sentido, o título desta reflexão e estudo retrata sobre “A opinião de ambos os consortes”.

(Pre’Msha):
                  Ótimo meu filho, uma ótima reflexão para o último dia deste ano de 2016, ou seja, sobre a opinião de ambos os consortes. O professor para esta aula é o Filho Magisterial (Avonal) Monjoronson.

(Monjoronson).
                      Sim, os homens e as mulheres se complementem mesmo tendo pontos de vista antagônicos. Cada um dos consortes tem que refletir o que o outro consorte fala, profundamente, em silêncio. Ouvir e ouvir com paciência o seu consorte é um momento muito especial para amadurecimento. A primeira afirmativa então fala sobre o relacionamento entre um casal e como devem ter paciência um com o outro. O segundo trecho fala sobre a consagração da escolha em fazer a vontade de Deus, Pai Universal de Todos para ter paz nesta vida e a possibilidade de sobrevivência da alma. Já o terceiro trecho diz com clareza que os Ajustadores do Pensamento podem comunicar entre si.
                     Os três trechos estão interligados e vou falar sobre o conjunto dos três trechos.
                      Sim, os homens e a mulheres quando formam um casal estão conectados de uma forma a se ajudarem mutualmente, de forma complementar, apesar das diferenças. Uma forma de buscar o avanço de seu consorte, e este recado é para ambos os consortes, é que rezem um pelo outro para o crescimento espiritual do outro e digam isto para o seu consorte. Assim, existindo por parte de cada consorte o desejo da consagração da escolha, o primeiro caminho está sendo realizado na busca conjunta da sobrevivência de ambas as almas e os Ajustadores do Pensamento de ambos irão agir, muitas vezes, de forma conjunta. Por isto é importante, mas é muito importante mesmo ouvir com muita paciência tudo o que o outro consorte tem a dizer. Pode ser que seja um recado do outro Ajustador do Pensamento, ou seja, de seu consorte para que você reflita em algum aspecto da vida que precisa avançar espiritualmente. Um recado que esteja sendo falado de forma explícita, ou implicitamente.
                A vida de um casal de um só par, o verdadeiro matrimônio monogâmico, exige autosacrifício, autoesquecimento, e ouvir com paciência o consorte é um exercício de profundo avanço espiritual. Quando ouvir seu consorte, não precisa dizer, necessariamente, sua opinião se assim não tiver amadurecido uma ideia sobre o assunto falado. Diga apenas, que está ouvindo e que irá analisar com calma. A opinião de ambos os consortes é importante para ser refletida por ambos, para o crescimento espiritual do casal.
                Sim, um casal, ou melhor, cada um dos consortes deve ceder e ceder, e ceder, pois um matrimônio é um exercício de diminuição do ego, da própria importância. Mas logicamente, deve ser preservada a individualidade de cada consorte nas questões realmente importantes, como é o caso, por exemplo, das questões ligadas a própria espiritualidade. Os três trechos que estudou, de uma certa forma são complementares no destino de um casal para que um ajude ou outro para o crescimento espiritual. Os bens materiais não são levados para os céus, e os bens espirituais, este sim são o verdadeiro tesouro que representam a possibilidade da continuidade de ambas as almas nos céus, mesmo após a morte física do corpo.
                [silêncio]
                Meu querido, hoje é o último dia do ano de 2016. Que você tenha um ótimo sábado. Domtia.

JDL:
             Filho Magisterial (Avonal) Monjoronson: Muito obrigado por esta mensagem que reflete sobre a “Opinião de ambos os consortes”, para ouvirmos com paciência o que nosso consorte quer falar para buscar um significado sobre o crescimento espiritual que a mensagem, muitas vezes, quer revelar.

FIM


Logged
Pages: [1]   Go Up